Breadcrumbs

Técnica da Constelação Familiar é usada para resolver conflitos nos tribunais goianos

Data20, setembro 2017
Autortalkzdigital
Categorias

Técnica da Constelação Familiar é usada para resolver conflitos nos tribunais goianos

Goiás faz parte dos 11 estados brasileiros que já utilizam a Constelação Familiar para ajudar a solucionar conflitos na Justiça Brasileira. De acordo com o Tribunal de Justiça do Estado, o índice de solução de conflitos é  de aproximadamente 94% das demandas. Tudo isso graças ao projeto Mediação Familiar do 3º Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania da comarca de Goiânia idealizado pelo juiz Paulo César Alves das Neves. No país, projetos similares são desenvolvidos também em São Paulo, Rondônia, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul, Alagoas e Amapá e  Distrito Federal.

A intenção ao utilizar no Judiciário o método criado pelo  filósofo, teólogo e pedagogo alemão Bert Hellinger é buscar esclarecer às partes o que há por trás do conflito que gerou o processo judicial. Os conflitos levados para uma sessão de constelação, em geral, versam sobre questões de origem familiar, como violência doméstica, endividamento, guarda de filhos, divórcios litigiosos, inventário, adoção e abandono.

Mas afinal, o que é Constelação Familiar?

As constelação familiar é um método desenvolvido pelo filósofo, teólogo e pedagogo alemão Bert Hellinger. O seu objetivo é libertar as pessoas de suas tensões e conflitos que muitas vezes podem vir de gerações passadas e possuírem raízes em acontecimentos da história familiar do indivíduo.

Esses conflitos, geralmente, envolvem violência familiar ou doméstica, o falecimento prematuro de pais e filhos, abortos, separações e abusos. Assim, os fatos que aconteceram na família da pessoa podem desencadear depressão, medos, psicosis, enxaquecas, cansaços crônicos ou problemas em relacionamentos. Em resumo, acontecimentos emocionalmente intensos e conflitos não resolvidos de nossos antepassados podem ser transmitidos de geração para geração.

Assim, a constelação familiar trabalha justamente para solucionar esses problemas que herdamos e refletem de forma negativa em nossa vida. A constelação familiar pode acontecer tanto em grupo como individualmente. Quando ela acontece em grupo o cliente expõe o assunto pessoal que deseja solucionar. Depois disso, algumas pessoas do grupo são escolhidas como representantes familiares de quem está constelando.

O constelador pede então para que os representantes se movam e atuem de acordo com as energias que sentem enquanto estão interpretando o papel. A pessoa que conduz o processo também ajuda orientando os representantes e dizendo frases de cura. Ele geralmente acaba incluindo o cliente nesse ambiente para que ele encontre finalmente a origem de seus pensamentos e emoções profundas que interferem na sua vida e possa então se libertar.

Já na constelação individual, pode-se usar bonecos, tapetes ou objetos diversos para configurar o sistema familiar do cliente. O trabalho de percepção de energias acontece unicamente entre o cliente e o constelador.

Voltar