Breadcrumbs

O filme TROLLS e o Eneagrama

Data26, junho 2017
Autortalkzdigital
Categorias

O filme TROLLS e o Eneagrama

Vocês já perceberam o quanto é comum a combinação tipo 6 com tipo 7? Começo a acreditar que é algo cósmico, uma espécie de atração fatal!

Bom, eu mesmo conheço diversos casais nessa tipologia, e o mais interessante é que dentro do meu círculo, 100% desses casais tem a mulher como tipo 6 e o homem como tipo 7. Mas agora estou percebendo que não é uma coincidência apenas minha, mas Hollywood também gostou dessa combinação.

São vários os desenhos que demonstram esse arranjo, mas hoje quero falar sobre o desenho animado TROLLS. A grande novidade nesse filme é que dessa vez a fêmea é um tipo 7 nada evoluído (!!!) que precisa urgentemente acessar sua virtude da sobriedade para salvar seus amigos.

Como dizia o ditado: A vida emita a arte ou a arte imita a vida?

A relação da Troll Pop, com o Troll Tronco mais uma vez vem mostrar essa notável relação inconsciente onde um busca no outro aquilo que lá no fundo sente muita falta. Tronco é um tipo 6 que luta contra sua personalidade, visivelmente ele é tudo aquilo que não queria ser.

Busca se livrar do vício do medo e acessar a virtude da coragem, ao embarcar com a Pop numa luta que ele conhece bem, por quê? Porque como todo tipo 6 estudou a fundo seus principais “inimigos”, buscando no medo a coragem para enfrentar o que tanto lhe aflige no imaginário.

Ele já traçou tantos cenários catastróficos e por isso desenvolve estratégias para salvar toda uma comunidade, que inclusive se distancia, pois nenhum Troll entende ele. Claro, nenhum tem uma mente tão ávida.

Tronco é um “medroso” que justifica seu mau humor sendo “precavido” e que tem um certo prazer em falar “eu te disse”, e não é que após 20 anos, uma de suas teorias finalmente acontece! Ele não percebe que perdeu 20 anos de alegria e diversão, ele só vê que finalmente a m*** pelo qual tanto torceu agora é real.

agora que o imaginário finalmente se tornou realidade?

Como um bom tipo 6, fiel e estrategista, Tronco se vê “obrigado” a ajudar, porque ajudar está no DNA dos tipos 6. E é aí que ele finalmente para de teorizar e se põe em ação!

Na outra esfera temos Pop, uma tipo 7 que ao contrário do 6, acredita que tudo dará certo se todos forem felizes, cantar e pensar no positivo. Um de seus amigos chega a ser engolido e ela ainda acredita que ele está vivo. E sabe o que é o pior? Ele estava! Isso é o que geralmente incomodam as pessoas ao redor do 7, sua positividade é forte e geralmente os levam a vitória.

Mas infelizmente, dentro de um cenário 6×7, o pessimismo do 6 normalmente vence, e no filme não é diferente. Eles só percebem o quanto isso é forte ao verem as pessoas ao seu redor triste. É como se eles falassem “eu posso ser assim, vocês não!”. Eles então invertem a situação, acessam a ideia superior da fé e transforma o cenário catastrófico que criaram na mais bela obra prima.

O filme termina com a música “True Colors”, de Cindy Lauper para resumir bem essa realidade de tipo 6 com tipo 7, ou melhor dizendo:

“And I’ll see your true colors

Shining through

I see your true colors

And that’s why I love you

So don’t be afraid to let them show

Your true colors

True colors are beautiful

Like a rainbow”

Ou seja, eu vejo além do que você me mostra: “A felicidade está dentro de todos nós, só precisamos de alguém para ajudar a achá-la”. E assim, termina o filme que apesar de infantil é bastante divertido, com uma excelente trilha sonora e com uma grande mensagem de Eneagrama para todos nós: Somos diferentes, mas unidos!

Voltar