Breadcrumbs

Eneagrama e os personagens dos Simpsons

Data15, setembro 2017
Autortalkzdigital
Categorias

Eneagrama e os personagens dos Simpsons

Os Simpsons é uma produção televisiva que já conquistou seu público por todo o mundo e mantém o sucesso há mais de vinte anos. Nessa série, observamos um conjunto de personagens muito bem caracterizados. Claro que nos seus mais de 500 episódios os personagens mostram vários estilos diferentes de personalidade que podem se incluir em vários tipos do Eneagrama, mas vamos analisar os aspectos mais visíveis e reconhecíveis de cada um para conhecer melhor o Eneagrama.

O personagem de maior destaque na série é o Homer Simpson e ele representa o tipo 7, o entusiasta. Ele é um personagem orientado para a diversão, extrovertido e que busca sempre fugir do tédio. O problema é que muitas vezes quando se sente estressado, ele se torna impulsivo e não sabe quando parar. Quando aprende a parar e se aprofundar no seu interior, se torna uma pessoa equilibrada e consegue uma felicidade muito mais completa.

Já sua esposa, Marge Simpson é o tipo 2, o prestativo. Ela é um mãe dedicada aos filhos e ao lar. Vive pensando nos outros antes de pensar em si mesmo. O problema que ela enfrenta é que muitas vezes chega a confundir sua prioridades vitais ao colocar os outros antes dela mesma. Paradoxalmente, quando ela pensa mais em si mesmo acaba se tornando mais altruísta, compreensiva e equilibrada.

O filho do casal, Bart Simpson, representa o tipo 8, o protetor. Ele é muito seguro de si mesmo e se rebela quando algo não lhe agrada. Bart se mostra protetor e muito assertivo. No entanto, é um personagem que muitas vezes se mostra agressivo e autoritário quando as coisas não saem como ele quer. Quando ele entende que precisa ser mais vulnerável e deixa que os outros sejam independentes se torna mais generoso.

A outra filha de Homer e Marge, Lisa Simpson representa o tipo 1, o perfeccionista. Ela é uma personagem muito comprometida com seus valores pessoais. O problema é que muitas vezes ela se frustra com os erros dos outros, principalmente de seu pai, Homer, e acaba sendo muito rígida com seus valores e adota uma visão extremista de perfeccionismo, dogmatismo e moralismo na vida.

 

Texto feito a partir da análise do psicólogo Jaime Buarque .

Voltar