Breadcrumbs

Você sabe o que são Constelações Familiares?

Data18, setembro 2017
Autortalkzdigital
Categorias

Você sabe o que são Constelações Familiares?

Quando ouvimos falar sobre Constelação Familiar criamos diversas perguntas em nossa mente a respeito do tema. Hoje vamos explicar um pouco sobre essa terapia sistêmica que já é muito utilizada na Europa e agora vem ganhando bastante espaço no Brasil, sendo inclusive, indicada por juízes das Varas de Família.

O método foi desenvolvido pelo teólogo, filósofo e pedagogo Bert Hellinger no início dos anos 80 depois de estudar e observar que eventos traumáticos, como morte prematura  na família, um abandono, um crime ou um suicídio podem exercer uma força poderosa que afeta as próximas gerações. Enredados na infelicidade do passado, os novos membros dessas famílias geralmente continuam com padrões de ansiedade, depressão, raiva, culpa, medo, doenças crônicas e relacionamentos infelizes.

Assim, Hellinger desenvolveu o trabalho de Constelações Familiares, um processo terapêutico que ajuda romper essa rede que leva a infelicidade, dor, medo, vícios e fracassos. Essa terapia pode acontecer tanto em grupo como de forma individual. Em grupo, pessoas com diversos dilemas a resolver se juntam. Cria-se um círculo e então a pessoa que deseja constelar expõe seu problema e escolhe membros do grupo como representantes de sua estrutura familiar. A constelação inicia  e os representantes começam a sentir emoções das pessoas que eles representam. Assim, de forma admirável e surpreendente a verdadeira história da família se manifesta de forma clara pela primeira vez.

Todo processo é conduzido por um constelador que pede para que os representantes se movam e atuem de acordo com as energias que sentem enquanto estão interpretando o papel. A pessoa que conduz o processo também ajuda orientando os representantes e dizendo frases de cura. O constelador geralmente acaba incluindo o cliente nesse ambiente para que ele encontre finalmente a origem de seus pensamentos e emoções profundas que interferem na sua vida e possa então se libertar.

Apesar de as constelações em grupo se desenvolverem em espaços muito seguros e de muito respeito, há pessoas que preferem trabalhar de forma individual. Nas Constelações individuais se pode trabalhar de diversas maneiras. Usam-se muito bonecos e outros objetos para representar família do indivíduo. Nesse caso, o próprio cliente, orientado pelo facilitador, perceberá as sensações e buscará o caminho de solução.

Existem diversas as situações e problemas que podem nos levar a Constelação, mas as situações principais são: quando sentimos que algo importante não está funcionando em nossa vida, quando sentimos que as portas se fecham ou não se abrem no âmbito do amor, trabalho e amizade, quando sentimos medos, fobias, depressão ou temos doenças e vícios.

Voltar